Em 2017 poderá optar por um novo método de comunicação de faturas à AT

 Mensalmente, as empresas têm obrigatoriedade de comunicarem as faturas emitidas à AT - Autoridade Tributária e Aduaneira.


A partir de 1 de janeiro de 2017, poderá alterar o método de comunicação de faturas que terá de ser mantido obrigatoriamente no decorrer de todo o ano civil

Por exemplo, se durante o ano de 2016 utilizou o método de comunicação através do ficheiro SAF-T (PT), ou seja, transmissão eletrónica de dados, mediante remessa de ficheiro normalizado, poderá, no início do ano 2017, optar por outro método de comunicação.


Poderá comunicar as faturas à AT por uma das seguintes formas:

  • Transmissão eletrónica de dados em tempo real, integrada em programa de faturação eletrónica; 
  • Transmissão eletrónica de dados, mediante remessa de ficheiro normalizado estruturado com base no ficheiro SAF-T (PT), criado pela Portaria n.º 321-A/2007, de 26 de março, alterada pela Portaria n.º 274/2013, de 21 de agosto, contendo os elementos das faturas referidos no n.º 4 do artigo 3.º; 
  • Inserção direta no Portal das Finanças; 
  • Via eletrónica, nos termos definidos pela Portaria n.º 426-A/2012, de 28 de dezembro. 


Se possuir o módulo PHC CS Documentos Eletrónicos desktop pode escolher o método de envio de faturas via WebService, ou seja, por transmissão eletrónica de dados em tempo real, integrada em programa de faturação eletrónica, através do qual poderá enviar cómoda e automaticamente as suas faturas diretamente a partir do Software PHC.